quinta-feira, 5 de abril de 2012

Farmacologia - Drogas ansiolíticas e hipnóticas ( questões)


1-      Qual o principal inconveniente no uso  clínico dos ansiolíticos?



O principal inconveniente do uso clínico dos fármacos ansiolíticos é o fato de além do alívio da ansiedade também podem ser usados  como hipnóticos, assim quando se quer tratar apenas a ansiedade (como ansiolítico), pode ter como efeito indesejado sonolência e sedação.





2-      Descreva o mecanismo de ação dos 4  principais grupos de drogas ansiolíticas e hipnóticas.



Benzodiazepínicos – Potencializa a resposta ao Gaba, facilitando abertura de canais de cloreto  ativados por Gaba. Ligam-se especificamente a um sítio regulador no receptor, distinto do sítio de ligação ao Gaba, e atuam de forma alostérico, aumentando a afinidade do Gaba pelo receptor.

Agonistas dos receptores de 5 – HT1A -  Não está totalmente esclarecido, mas suspeita-se que atuem em receptores pré –sinápticos inibitórios, reduzindo assim a liberação de 5- HT e de outros mediadores. Além disso, inibem a atividade dos neuroneos noradrenergicos do locus cerúleos e, desta maneira, interferem nas reações de reatividade.

Barbitúricos – Potencializa ação do Gaba, entretanto, ligam-se a um sítio diferente no receptor de Gaba/canal de cloreto, e sua ação parece ser muito menos específica que a dos Benzodiazepínicos.

Antagonistas dos receptores Beta adrenérgicos – (ex: propranolol) – Tratamento dos sintomas objetivos ( taquicardia sudorese etc). Mesma ação anti hipertensiva, sendo bloqueador dos receptores Beta adrenérgicos.

3-      Paciente, 64 anos, apresentou quadro de IAM a 2 anos, apresenta 75% de obstrução da coronária direita, começou a apresentar quadro ansiolítico, foi administrado Propranolol para tratamento da ansiedade. Começou a apresentar crises anginosas recorrentes. Explique a provável causa da evolução clínica do paciente.

O Propranolol é um fármaco antagonistas dos receptores Beta adrenérgicos, assim seu mecanismo é bloquear esses receptores, desta forma pode ser usado para tratamento dos sintomas objetivos da ansiedade ( taquicardia, sudorese etc), mas deve ser utilizado com precaução em pacientes com obstrução coronariana, com ênfase naqueles com angina variante. Pois este medicamento age não seletivo nos receptores beta adrenérgicos, sendo assim ao agir em Beta 2 dos vasos ( que é vasodilatador), o bloqueia, gerando vasoconstrição e agravando o quadro anginoso.

4-      Apresente as principais vantagens dos Benzodiazepínicos em relação aos Barbitúricos.

·         Os benzodiazepínicos possuem maior janela terapêutica;

·         Atuam mais seletivamente em Gaba do que os Barbituricos;

·         Os Barbitúricos possuem maior atividade depressora sobre o SNC, podendo levar a depressão respiratória e cardiovascular

·         Induzem menor grau de tolerância e dependência em relação aos Barbitúricos;

·         Barbitúricos induzem acentuadamente a síntese do citocromo P450 hepático e das enzimas de conjugação, portanto pode aumentar a metabolização de muitas drogas, podendo fazer intensa interação farmacológica.



5-      Explique a frase: O que diferencia as principais classes de benzodiazepínicos é a fármaco cinética e não a farmacodinâmica.



A diferença entre as diversas drogas da classe dos Benzodiazepínicos não se dá pelo seu mecanismo de ação, mas nas suas diferenças entre absorção, distribuição, metabolização e excreção.



6-      Paciente tentando suicídio ingeriu doses supra terapêuticas de um fármaco Benzodiazepínico, chegando ao hospital foi administrado Flumazenil. Explique a importância do uso deste medicamento no quadro clínico do paciente.



O Flumazemil é um antagonista competitivo dos Benzodiazepínicos, ligam aos receptores onde os Benzodiazepínicos iriam se ligar, impossibilitando que possam fazer sua ação de potencializar Gaba, assim no caso da Paciente que se encontra em uma superdosagem no organismo, ao ser administrado o Flumazenil impede a ligação do Benzodiazepínico  ao seu sítio e consequente sua ação.



7-      Comente sobre os principais efeitos dos Benzodiazepínicos sobre o SNC.



·         Redução da ansiedade e agressão

·         Sedação e indução do sono

·         Redução do tônus muscular e da coordenação

·         Efeito anticonvulsivante



8-      Explique a síndrome da abstinência dos benzodiazepínicos.



É uma manifestação caracterizada pela potencialização do quadro de ansiedade ao ser retirado abruptamente o fármaco Benzodiazepínico. Para que isso não aconteça é recomendado que a retirada seja feita pela redução gradativa da dosagem ( desmame).





9-      Quais os Benzodiazepínicos que podem ser utilizados como agentes anticonvulsivantes? Explique.

Clonazepam e Diazepam à Estes fármacos possuem um grau de seletividade diferente dos demais , tendo menor efeito sedativo, e maior efeito anticonvulsivante. Podendo o Diazepan ser usado por via IV para controle do mal epiléptico



10-   Explique a função dos agonistas inversos e dos antagonistas dos Benzodiazepínicos. Porque não é indicado o uso dos agonistas inversos na clínica?

Agonistas inversos à Ligam ao sítio do receptor onde o Benzodiazepínico iria se ligar, ao se ligar produzem o efeito oposto que o Benzodiazepínico faria, agravando o quadro de ansiedade, por este motivo seu uso não é indicado na clínica.

Antagonistas dos Benzodiazepínicos à ligam aos receptores onde os Benzodiazepínicos iriam se ligar, impossibilitando que possam fazer sua ação de potencializar Gaba, assim no caso da Paciente que se encontra em uma superdosagem no organismo, ao ser administrado o Flumazenil impede a ligação deste medicamento ao seu sítio e consequente sua ação.



11-   Comente sobre os principais efeitos indesejados do uso de Benzodiazepínicos.



·         Efeitos tóxicos, resultante de superdosagem aguda à sono prolongado, sem depressão grave da respiração ou das funções cardiovasculares (estas complicações podem ser potencializadas com o uso de álcool).

·         Efeitos indesejáveis que ocorrem durante o uso terapêutico normal – sonolência, confusão, amnésia, e comprometimento da coordenação.

·         Tolerancia e dependência;



12-   Paciente 25 anos, apresenta quadro de insônia, conta ao médico ser etilista crônico. Comente porque o uso de Benzodiazepínicos por este paciente seria arriscado?

Os Benzodiazepínicos potencializam a ação do Gaba ( neurotransmissor inibitório), o álcool também possui uma ação inibitória do SNC, assim estas duas substancias potencializaria a inibição do SNC, que em conjunto poderia levar a depressão grave da respiração ou das funções cardiovasculares, consistindo em potencial risco ao paciente.

13-   Paciente 44 anos, motorista, apresenta quadro de ansiedade generalizada. Explique a contra indicação de agentes Benzodiazepínicos com base nos seus efeitos colaterais.

Dentre os efeitos colaterais dosa Benzodiazepínicos consta o comprometimento da coordenação motora, fruto de sua ação direta reduzindo o tônus muscular e coordenação. Outro efeito colateral é a sedação e sonolência. Visto que o paciente possui uma profissão que requer que esteje totalmente ativo, o uso de Benzodiazepínico seria arriscado. Poderia ser indicado no caso dele a buspirona que é um agonista dos receptores 5 – HT1A, que não possuem estes efeitos.

14-   Explique a contra indicação do Nitrazepan como agente hipnótico.

Essa droga possui ação prolongada, sendo assim seus efeitos também são prolongados, podendo produzir um comprometimento significativo no desempenho do trabalho e na capacidade de dirigir no dia seguinte. Opta-se então por agentes de ação curta e média como o Alprazolan.





15-   Proponha duas teorias que expliquem a ação dos agonistas de receptores 5 – HTA.



Agonistas dos receptores de 5 – HT1A -  Não está totalmente esclarecido, mas suspeita-se que atuem em receptores pré –sinápticos inibitórios, reduzindo assim a liberação de 5- HT e de outros mediadores. Além disso, inibem a atividade dos neuroneos noradrenergicos do locus cerúleos e, desta maneira, interferem nas reações de reatividade.



16-   Explique porque a Buspirona não é indicada para o tratamento do transtorno do Pânico.



Os agentes agonistas dos receptores 5-HTA é necessário dias ou semanas para que produza seus efeitos, no transtorno do Panico na qual preciso de um efeito imediato são contra indicados.



17-   Comente dos possíveis efeitos colaterais dos agonistas dos receptores 5HTA.



·         Vertigem

·         Cefaleia

·         Náuseas



18-   A respeito dos Barbiturios comente sobre o motivo que foram contra indicados como agentes ansiolíticos, e comente as principais utilizações atualmente.



Todos os Barbitúrios exercem atividade depressora do SNC, podendo levar a depressão do sistemas respiratórios e cardiovascular, além de agir nas enzimas hepáticas causando um aumento da velocidade de degradação metabólicade muitas drogas. Assim atualmente são utilizados apenas em procedimentos de anestesia e também como anticonvulsivantes ( Fenobarbital).

Um comentário: